NOTÍCIAS

MCE Curitiba realiza culto especial de Missões 30 de Agosto de 2018
MCE Curitiba realiza culto especial de Missões | Missão Cristã Elim

Com o tema “De volta às raízes brasileiras”, jovens e adolescentes apresentaram a situação do evangelho nas diferentes regiões do país

Os jovens e adolescentes da MCE Curitiba proporcionaram à igreja um “passeio” pelas cinco regiões brasileiras, observando sua cultura e o cenário atual da igreja em todo Brasil, no culto especial de Missões, ocorrido no dia 25 de agosto de 2018.

A pastora Nilah Mayer Blas, da MCE Curitiba, disse que a Missão Cristã Elim tem realizado trabalhos voltados a apresentar à igreja a importância de se fazer missões, como Mês de Missões ou cultos especiais de Missões. Todavia ela ressaltou que em todo tempo, em todos os cultos deve-se lembrar que estamos em missão, como declara-se no próprio nome da obra: Missão Cristã Elim. A pastora explicou que "essa missão deixada por Cristo a todos os cristãos é ir a todo mundo e pregar o evangelho a toda criatura".

Ela também comentou que nem todos irão a outros lugares em missões, mas que todos devem orar e interceder por aqueles obreiros que estão nos campos, passando por perseguições em campos difíceis e árduos. “Os obreiros nos campos estão dispostos a dar a sua própria vida por amor ao evangelho, às vidas e ao Reino de Deus. Devemos interceder por eles sem cessar, pois todos podemos orar, e a oração do justo pode muito em seus efeitos”, orientou a pastora. Outro aspecto que ela ressaltou foi que, além de orar, outra forma de apoiar as missões é contribuir financeiramente, para respaldar o trabalho daqueles que se dispõem a ir aos campos. “E se dispor a ir, pois como as pessoas ouvirão se nunca ninguém lhes pregou? E para pregar é necessário que vidas se prontifiquem a ir aos campos”, esclareceu a pastora ao falar sobre a importância de missões para todo cristão.

O pastor Manoel Silva, da MCE Ananindeua, que prepara-se junto com sua família para fazer missões em Moçambique, no continente africano, foi quem ministrou a Palavra no culto especial de Missões. Na ocasião, o pastor pode compartilhar como se deu o chamado para missões em sua vida, bem como Deus o tem preparado para esse momento, por vários anos. “Quando morava em Manaus, Deus trouxe ao meu coração um amor pela África, e começou a trabalhar em minha vida. Depois de um tempo, levou-me com minha esposa a morar em Belém, para servirmos ao Senhor. Hoje aguardamos com muita expectativa nossa ida à África, para lá cumprimos esse chamado específico, que arde em nossos corações”, ressaltou o pastor Manoel.

Assim como Jesus ordenou, a família Silva tem servido ao Senhor onde Ele a leva. Em Manaus, eram discípulos e obreiros. Atualmente, em Belém, pastoreiam a MCE Ananindeua. Todavia ainda aguardam para pregar o Evangelho até os confins da terra. “Todos amam a África em nossa família. O mesmo chamado que arde em mim também está no coração da minha esposa Danielle. Nossa filha Elizabeth nos pergunta todos os dias: ‘Papai, quando iremos à nossa África?’. Já Ezequiel, nosso caçula, fica todo eufórico quando escuta alguma música típica ou vê os animais da África”, compartilhou o pastor com a igreja, dizendo que para o chamado de Deus ser verdadeiro, Deus o confirma também para o cônjuge, bem como a toda família.

Após a pregação, organizados em equipes, os jovens e adolescentes apresentaram à igreja como o evangelho está se desenvolvendo pelas diferentes regiões do país. Também trouxeram um relato de muitos pastores da Missão Cristã Elim, os quais expuseram quais são os maiores desafios enfrentados em suas localidades, para a expansão do Reino de Deus. Os pastores puderam compartilhar suas experiências e motivos de oração específicos para suas igrejas.

Os jovens e adolescentes capricharam nas pesquisas e no preparo dos materiais e elementos da cultura de cada região. Além disso, puderam conhecer a realidade que os pastores da MCE vivenciam no seu dia a dia, para ganhar novas almas. Pietro Bolsi de Araujo, um dos adolescentes que participou do evento, disse que eles aprenderam muito quando estavam preparando os materiais para a apresentação. “Nós percebemos que na região Sul tem muito campo pra pregar o evangelho. A religião católica ainda é bem forte. E que no Rio Grande do Sul não temos nenhuma Missão Cristã Elim”, observou o adolescente.

A igreja também foi impactada pelo conteúdo exposto. “Aprendi muito com a apresentação sobre missões. Falar sobre o assunto e mostrar dados, como eles fizeram, nos faz refletir sobre a importância de missões. Além de conscientizar nossos jovens, adolescentes e crianças, que participaram de forma bem ativa, que eles também são chamados a pregar o evangelho”, refletiu a irmã Schelyn Biasoli. Depois da apresentação de cada equipe, os irmãos provaram comidas típicas, especialmente preparadas para que a igreja pudesse conhecer um pouco mais da cultura de cada região brasileira.

Acesse aqui o álbum de fotos do culto especial de Missões realizado na MCE Curitiba. Também leia uma matéria especial sobre o pastor Manoel e sua família.

COMPARTILHE: